Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

ajoelhado_31
No comando: Oração de Fé

Das 00:00 as 01:00

20160216115950
No comando: Bom dia Cidade

Das 08:00 as 10:00

23518872_1111964392273953_5481204028424081408_n
No comando: Manha com a Louvai FM

Das 10:00 as 12:00

diarioweb_ouvindomusica-300x359
No comando: Tarde Feliz

Das 13:00 as 18:00

25443154_1976915825930677_8650105184329005811_n
No comando: Aguas que Curam

Das 14:30 as 15:30

nova-imagem
No comando: A Voz do Brasil

Das 19:00 as 20:00

24296757_1969898189965774_4252050662339779938_n
No comando: Culto da Familia

Das 19:00 as 22:00

foto
No comando: OS MEUS PEDIDOS NAS MAOS DE DEUS

Das 19:00 as 22:00

24294435_1968322356790024_321173736106803402_n
No comando: O Sangue de Jesus tem Poder

Das 19:30 as 22:00

1467415_1384993075080510_1447804884_n
No comando: A Hora do Estudo

Das 23:00 as 00:00

23622318_1962536417368618_6798064160753157067_n
No comando: Palavra Jovem

Das 23:00 as 00:00

324570
No comando: Debate em Foco

Das 23:00 as 01:00

nova-imagem-3
No comando: Palavra de Fé com Pastor Anderson Oliveira

Das 12:00 as 12:10

24174280_1970216433267283_4705713922212310996_n
No comando: A Tarde da Benção

Das 14:00 as 17:00

Feliciano chama Duvivier de covarde, mas diz que ora por ele

Compartilhe:
marco-feliciano-3

O deputado Marco Feliciano (PSC/SP) entrou o ano sendo atacado mais uma vez pelo humorista Gregório Duvivier. Em texto, ele debocha dos cristãos que o criticam e ridiculariza o deputado, mas sem mencioná-lo pelo nome, uma estratégia para que o jornal não seja obrigado a conceder o direito de resposta.

Feliciano decidiu gravar um vídeo desmascarando Duvivier e pediu o apoio de “todos os cristãos e as pessoas de bem”. Em cerca de quatro minutos o deputado conservador denunciou a covardia do ator e expôs a hipocrisia dos membros da chamada “esquerda caviar”.

Classificou o material da coluna publicada no jornal Folha de São Paulo ontem de “mal redigido, fétido e insípido”. O deputado também disse ter percebido que a grande repercussão de seus vídeos é sinal que ele “realmente incomoda”. Destacou que sua recente denúncia contra a rede Globo, mostrando como a emissora oferecia “curso para bandidos”, gerou uma reação da TV mais importante do país.

O contraponto estabelecido por Feliciano é que Gregorio Duvivier vem de uma família abastada, enquanto ele é “somente o filho da dona Lúcia, empregada doméstica, sem nome de pai na certidão de nascimento”. Enquanto o ator “aos 9 anos já estudava teatro, enquanto eu cortava cana-de-açúcar”, alfinetou.

Em tom de desabafo, disse que ao ridicularizá-lo, Duvivier está “debochando dos brasileiros e da fé cristã”. Para Feliciano, o texto do líder do Porta dos Fundos é “um verdadeiro esgoto moral”.

“Eu não me escondo nas entrelinhas como faz o menino riquinho”, garantiu o pastor, que sofre sistematicamente ataques dos movimentos de esquerda com os quais o humorista se alinha publicamente. “Esquerdinha caviar e mamador das tetas da Lei Rouanet”, disparou, lembrando dos R$ 7,5 milhões aprovados para captação do filme “Porta dos Fundos — Contrato Vitalício” durante o governo Dilma.

Em sua análise do texto publicado na Folha, Feliciano lembrou que Duvivier fala de corrupção, mas tem vários “amigos presos na Papuda ou em Curitiba” e que, ao comparar a bancada evangélica com os radicais muçulmanos, “demonstra um pérfido desprezo pelos ataques terroristas” que tem os cristãos como alvo preferencial.

Ao mesmo tempo, lembrou que o Deus que o ator chamou de “pequeno” na Folha, é “grande, misericordioso e lhe dá tempo de se arrepender”.

Anunciou que irá acionar o Ministério Público e a polícia para que investiguem o crime de “vilipêndio à fé e culto”, previsto no artigo 208 do Código Penal.

 Terminou mandando um recado para Duvivier: “Oro a Deus pra que ele tenha piedade da sua vida”.

Deixe seu comentário: